Na manhã de hoje (12/6), o vereador Police Neto compareceu à comunidade do Córrego do Bispo, no Peri-Alto, Zona Norte da cidade, para conversar com os moradores e vistoriar as condições do local depois da intervenção realizada há cerca de três meses que retirou aproximadamente 1.500 famílias que ocupavam o espaço.

Após ouvir relatos sobre a atual condição do bairro, Police disse que a comunidade tem vivido em um contexto de total desinformação e abandono. “O intuito da nossa visita foi verificar de perto a conjuntura da população e dar explicações sobre a intervenção pública da PPP da habitação que ocorrerá ali”.

Para tanto, Police requereu, junto à Comissão de Política Urbana, Metropolitana e de Meio Ambiente, a realização de uma audiência pública para tratar do assunto com a sociedade. “As pessoas que vivem no Córrego do Bispo não têm ideia do que deve acontecer, nem como e tampouco quando as obras devem ser iniciadas”, afirma o parlamentar.

De acordo com o vereador, a PPP da habitação do lote 12, que compreende o Peri-Alto, construirá cerca de 3 mil unidades de moradia em condomínios, sem deixar de observar as necessidades ambientais do local. “Ali é uma área de manancial, então é importante levar o desenvolvimento e as habitações sem deixar de lado as questões de preservação ambiental”, diz.

PPP do MSTI

A Parceria Público-Privada que será feita no Córrego do Bispo deve seguir os mesmos moldes da que será realizada no bairro do Ipiranga para atender a comunidade do Movimento dos Sem Teto do Ipiranga.

O projeto prevê a construção de 3.500 unidades de moradia e outros equipamentos públicos que atenderão famílias com renda de 0 a 3, 3 a 6 e 6 a 10 salários mínimos. Os apartamentos serão de um, dois e três dormitórios, e terão tamanhos de 28 m², 42,9m² e 56 m², respectivamente.

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar