O vereador Police Neto se reuniu, na noite de ontem (11/6), com as Câmaras Temáticas da Bicicleta e da Mobilidade a Pé, Iniciativa Bloomberg e empresas de mobilidade para discutir o texto substitutivo – aprovado pela CCJ em 29 de maio – do PL 1/2019, projeto de lei que trata das normas para organizar os serviços de compartilhamento de micromodais em São Paulo, como patinetes, bicicletas e monociclos.

No encontro, foi unânime o consenso de que é preciso não apenas regulamentar a micromobilidade, mas incentivar a mobilidade ativa e modais alternativos a carros e outros veículos de motor a combustão, assim como elaborar critérios de limitação de potência e velocidade para definir um micromodal.

“As empresas de compartilhamento de bikes e patinetes devem assumir um compromisso de atuar na fiscalização do uso de seus equipamentos, além de investir em infraestrutura e garantir o fornecimento de dados para auxiliar na elaboração de políticas públicas”, opina Police sobre qual deve ser o papel das operadoras de micromodais em São Paulo.

O PL 1/2019 deve passar pelas comissões de Administração Pública, Atividade Econômica, bem como Finanças e Orçamento. Cabe salientar, contudo, que o assunto também foi tratado na reunião de líderes da Câmara e o projeto pode seguir em votação diretamente no Congresso de Comissões.

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar