em Noticias

Desde 2017, entre os dias 4 e 11 de agosto, várias cidades brasileiras participam da Semana do Caminhar, uma iniciativa da ONG SampaPé! que celebra a forma mais utilizada como deslocamento no país: o caminhar. Também engajado com essa bandeira, o vereador Police Neto fez questão de abraçar a campanha e firmou, nesta segunda-feira (5/8), compromisso em atuar pela priorização do caminhar como política pública de mobilidade, implementando melhorias urbanas, estimulando a integração com outros meios de transporte, fomentando a participação cidadão pela causa e celebrando a mobilidade a pé como opção saudável e sustentável de deslocamento pela cidade.

De acordo com o relatório da mobilidade urbana da ANTP (Agência Nacional de Transportes Públicos), 41% dos deslocamentos nas cidades brasileiras são feitos exclusivamente a pé. Além disso, a Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/12) aponta que o deslocamento a pé deve ser priorizado nos planejamentos das cidades. Ciente disse, Police faz questão de participar da Semana do Caminhar e legislar em prol dos pedestres. “Nosso mandato sempre dialogou com ONGs e grupos que promovem esse tipo de campanha. Ações como essas são essenciais para despertar nas pessoas a consciência sobre os benefícios individuais e coletivos do caminhar, algo que ainda precisa evoluir muito por parte do poder público”, afirma Police.

Neste ano, a campanha traz uma série de atividades em todo o país para promover o caminhar, de concurso de fotografia até apresentação de pesquisas. Em 8 de agosto – data em que é comemorado o Dia Mundial do Pedestre – em São Paulo, haverá uma caminhada às 10h que partirá da esquina da Rua Dr. Campos Moura com a Avenida Padre Sena Freitas, organizada pela Iniciativa Bloomberg para a Segurança Global no Trânsito. Já às 13h, na Praça Alexandre de Gusmão, haverá uma roda de conversa sobre o assunto, promovida pela organização Engajamundo. A programação completa da Semana do Caminhar pode ser acessada aqui.

Estatuto do Pedestre

Prioridade ao pedestre sempre esteve no centro das ações relacionadas à mobilidade urbana no mandato de Police. Em 2011, o vereador apresentou o PL 617, que em 2017 se tornaria a Lei 16.673, sancionada pelo então prefeito João Doria e hoje conhecida como Estatuto do Pedestre.

Ainda aguardando regulamentação do Executivo, o Estatuto é uma das legislações mais inovadoras do país quando o assunto é pedestre. Entre outras medidas, a lei prevê que os recursos do Fundurb sejam aplicados na melhoria da mobilidade a pé, cria um sistema de Informações sobre Mobilidade a Pé e planejamento estruturado para planejar e executar intervenções urbanas de maneira inteligente, adéqua e ilumina calçadas, impõe multas a quem não respeitar o pedestre e aplica um sistema de sinalização para orientar quem caminha pela cidade.

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar