O prefeito Bruno Covas promulgou, hoje (21/5), a Lei 17.090, que prorroga por mais 20 anos a concessão do terreno público onde está situado o Ipê Clube. A medida é resultado do PL 107/2018, de autoria do vereador Police Neto em parceria com o vereador Aurélio Nomura, que autoriza o Executivo a renovar os termos de permissões de uso e as concessões de áreas municipais adimplentes com a administração municipal.

Para Police, há interesse público em ampliar a concessão por mais duas décadas, uma vez que o grêmio tem de oferecer contrapartidas à sociedade. “Para justificar a medida, o Ipê Clube continuará a cumprir um relevante papel social, principalmente no que diz respeito ao acolhimento de crianças para a prática de esporte e à manutenção do entorno onde está instalado o clube”, afirma o vereador.

A promulgação da lei equipara o Ipê a outras instituições que contam com autorização similar para a utilização de áreas públicas. “Vários clubes em São Paulo também receberam esta permissão da Prefeitura e, no nosso entendimento, a medida dá tratamento isonômico e imparcial ao Ipê Clube, já que ele cumpre sua contrapartida tal como as outras instituições detentoras de concessão”, diz Police.

De acordo com o diretor-presidente do clube, Antonio Arruda, entre as formas de compensação pela cessão do espaço estão a oferta de equipamentos e a promoção de projetos voltados a crianças. “Mantemos o clube dos meninos, uma turma de aproximadamente 40 garotos carentes que utilizam nossos campos de futebol com acompanhamento dos nossos professores, e temos, ainda, um trabalho social com os escoteiros”, diz. “Também cedemos nossos espaços esportivos para os jogos da cidade. Essas são as formas que ajudamos o município”, justifica Arruda.

A promulgação da lei também vale para o Círculo Militar de São Paulo.

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar