Desde que a rua Guaicuí, no Baixo Pinheiros, Zona Oeste da cidade, passou a ser fechada para carros nos finais de semana entre os dias 25 de janeiro e 31 de março deste ano, a via se tornou uma das mais movimentadas da região. Com 16 estabelecimentos como restaurantes, bares e lanchonetes, o espaço atrai gente de todas as idades e é considerado um dos novos pontos preferidos de lazer dos paulistanos que vivem nas redondezas.

Com a aprovação dos frequentadores e o sucesso da rua em se tornar mais um ponto de encontro badalado em São Paulo – recentemente o local foi comentado no Guia da Folha de SP, veja: http://bit.ly/2Ii037T –, agora, segundo o vereador Police Neto, a ideia é renovar o período de fechamento da via aos finais de semana e implantar medidas que a tornem mais segura. “Destinamos à subprefeitura uma emenda para a construção de duas lombofaixas, uma em cada ponta da Guaicuí, e também estamos negociando com os comerciantes a readequação das calçadas. Assim os pedestres terão toda a segurança ao desfrutar do seu momento de divertimento”, diz.

Antes de tamanha popularidade, porém, os comerciantes da Guaicuí tiveram de ser organizar para adaptar o local e foi por meio da interlocução do vereador Police com os donos dos estabelecimentos, a CET (Companhia de Engenharia e Tráfego) e a Subprefeitura de Pinheiros, que o objetivo de tornar a rua um espaço fechado de lazer se tornou realidade. “Participamos, desde o início, das negociações entre os representantes da Guaicuí com o poder público e ressaltamos aos comerciantes a necessidade de algumas tomar medidas com relação à limpeza, iluminação e segurança, além da importância da realização de reuniões de discussão entre eles”, afirma o parlamentar.

Ainda não há uma data certa para o início da construção dos equipamentos.

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar