A estação AACD-Servidor do Metrô, inaugurada nesta sexta-feira, deve atender cerca de 22 mil pessoas diariamente, em especial usuários de serviços de saúde e reabilitação. Há diversos hospitais, clínicas e instituições de apoio à pessoa com deficiência na região. Por isso, a nova estação terá mais elevadores que a média, entre outras medidas para garantir a acessibilidade.
Obra do governo estadual, o vereador Police Neto atuou na negociação entre Estado e Prefeitura, nas gestões de Gilberto Kassab e José Serra, para garantir a transferência dos terrenos (onde hoje está a estação) do município para o Estado. O vereador participou da cerimônia de inauguração. As obras da linha 5-Lilás foram iniciadas em 1998, ainda no governo Mário Covas. As seis primeiras estações começaram a funcionar em 2002. O projeto completo terá ao todo 17 estações e 20 quilômetros de extensão, ligando o Capão Redondo à Chácara Klabin, mas tem enfrentado atrasos. A próxima etapa é fazer a conexão com as linhas Azul e Verde, com a inauguração, prevista para setembro, das estações Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin
Em Outubro, a AACD-Servidor vai fazer parte do trajeto da linha circular 476L-10. Na última quinta feira (30), Police participou do teste do novo veículo que vai servir a linha, um mini-ônibus adaptado, a convite do secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato. A linha será prolongada não apenas até a nova estação, incluirá a UPA – Vila Mariana, a Fundação Dorina Nowill e o Ambulatório de Medicina Esportiva. Os mini-ônibus têm espaço para quatro cadeiras de rodas, não possuem catracas e facilitam a entrada e saída dos usuários, utilizando rampas e um sistema diferenciado de suspensão, que rebaixa o veículo para facilitar o acesso da calçada.
Segundo Police, o serviço dos mini-ônibus poderia atender a outras regiões da cidade, já que são poucas as opções para as pessoas com deficiência. “A demanda é grande, especialmente na periferia. Subprefeitos e vereadores devem estar atentos a essa necessidade e acionar as secretarias da Pessoa com Deficiência e dos Transportes.”
Confira a matéria do Diário do Transporte sobre a linha 476L-10:

São Paulo terá segunda linha com ônibus especiais para pessoas com deficiência a partir de outubro

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar